Politics

Youssef, doleiro condenado por Moro na Lava Jato, financiou campanha de Alvaro Dias


Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

O doleiro Alberto Youssef, pivô da Lava Jato, financiou em 1998 a campanha eleitoral do senador Alvaro Dias (Podemos-PR), à época no PSDB. Dias é fiel aliado do pré-candidato à Presidência Sergio Moro e o principal articulador da entrada do ex-juiz na política partidária.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, empresas de Youssef pagaram 21 mil reais (88 mil reais corrigidos) à campanha de Dias há 23 anos. O repasse ocorreu mediante a utilização de jatinhos cedidos pelo doleiro.

Na Lava Jato, Moro condenou Youssef, que, por sua vez, deixou o regime fechado após formalizar um acordo de delação premiada. A expediente semelhante o então juiz recorreu nos anos 2000, quando condenou Youssef no âmbito do caso Banestado. O doleiro também deixou a prisão depois de delatar.

À Folha, Alvaro Dias disse que suas contas em 1998 foram aprovadas pela Justiça Eleitoral e que, embora não conhecesse Youssef, “naquele momento não havia nenhum fato que o desabonasse”.

“Foram prestadas 12 horas de voo para que a equipe de filmagem pudesse se deslocar e realizar seu trabalho”, afirmou o senador, em nota.

Apesar do que alega Dias, porém, Youssef chamou a atenção das autoridades pelas primeira vez nos anos 1980, quando teria atuado no contrabando de uísque e de outros produtos do Paraguai. Ele foi preso cinco vezes sob acusação de contrabando.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.